Está em... EntradaEstruturasAutoavaliaçãoAutoavaliação da escola: conhecer para melhorar

Developed in conjunction with Ext-Joom.com

Autoavaliação da escola: conhecer para melhorar

 

A Escola Secundária de Gago Coutinho tem vindo a implementar, desde 2011, um processo de autoavaliação com o objetivo de diagnosticar problemas e tomar decisões que permitam a melhoria contínua da organização. A autoavaliação da ESGC é, pois, encarada como um instrumento indispensável à promoção da qualidade educativa e de reforço da capacidade de melhoria da Escola.

Considerando que a legislação em vigor não estabelece o modelo de autoavaliação que as organizações escolares devem adotar, ainda que se considere que este processo deva "conformar-se a padrões de qualidade devidamente certificados" (art.º 7.º da Lei n.º 31/2002, de 20 de dezembro - Lei do Sistema de Avaliação da Educação e do Ensino não Superior), a Escola optou por um modelo de excelência que abarcasse um conjunto de critérios que permitissem fazer uma análise global, sistemática e regular da organização – modelo CAF (Common Assessment Framework).

Nos anos letivos 2011/2012 e 2012/2013, a Escola procedeu a um 1º ciclo de autoavaliação com base no modelo CAF, orientando a sua ação para a prossecução dos objetivos do sistema de avaliação, estipulados na Lei n.º31/2002, de 20 de Dezembro. Tendo como base o diagnóstico obtido, a Equipa de Autoavaliação da Escola elaborou o seu Projeto de Ações de Melhoria (PAM). Procedeu-se à identificação de várias ações de melhoria, recorrendo às seguintes fontes: Projeto Educativo de Escola (PEE), Plano Anual de Atividades (PAA), Projeto Curricular de Escola (PCE) e o Relatório da Avaliação Externa da IGEC (23 e 24 de fevereiro de 2012). Definidas as prioridades, implementaram-se três ações de melhoria:

  • Melhorar a comunicação e a informação na escola;
  • Promover a eficácia do planeamento estratégico para a obtenção de melhores resultados escolares;
  • Melhorar a prestação do serviço educativo.

Em abril de 2012, foi aplicado, no âmbito do Observatório de Ensino e Aprendizagem, um questionário online que se propunha comparar a visão dos professores e dos alunos sobre o trabalho desenvolvido em sala de aula. Os resultados globais deste questionário foram objeto de análise e de reflexão, após o acesso por cada professor aos dados dos seus alunos.

Dando continuidade ao trabalho efetuado, a ESGC decidiu recomeçar um 2º ciclo avaliativo através do modelo CAF, com o objetivo principal de dar continuidade à melhoria nas áreas identificadas no diagnóstico da escola, reformulando práticas educativas e os seus instrumentos de ação, em prol da sustentabilidade de uma organização pró-ativa, reflexiva e colaborativa na resolução dos problemas/necessidades identificado(a)s, tendo em conta os interesses da comunidade educativa.

À semelhança do que havia sido realizado no 1º ciclo avaliativo, procedeu-se, no ano letivo de 2013/2014, à aplicação de novo questionário direcionado ao pessoal docente e não docente, a alunos e a pais/Encarregados de educação, na sequência do qual foi feito um diagnóstico que esteve na base da elaboração de um novo Projeto de Ações de Melhoria (PAM).

No biénio de 2014/2016, a Escola implementou este Projeto de Ações de Melhoria (PAM) centrado em quatro ações, a saber:

  • Melhorar a comunicação interna na escola;
  • Melhorar a comunicação externa na escola;
  • Melhorar os resultados escolares;
  • Promover um maior envolvimento do pessoal não docente na vida da escola.